sexta-feira, maio 5

A IR PARA MILÃO | Going to Milan

(English version click Ler Mais)

6.30h. Se não houve nenhum atraso e correu tudo dentro da normalidade, neste momento estou a levantar voo. Literalmente. Próxima paragem: Milão!

“Nada acontece por acaso!”  - Esta frase começou a fazer sentido na minha vida há alguns anos com a pessoa que daqui a algumas horas também levantará voo em direcção ao mesmo destino.

Hoje faz 2 anos que apanhei o avião em Lisboa para começar tudo de novo em Liverpool, e agora aqui estou eu de novo nas nuvens. Desta vez é apenas para uma viagem de fim-de-semana (prolongado), mas com muitas aventuras à vista.
Se nada acontece por acaso haverá certamente uma razão para estar a viajar de novo exactamente 2 anos depois de uma das maiores mudanças dos meus últimos anos, mas isso saberei na altura certa em que tiver de ligar os pontos. A data, essa foi escolhida por mim completamente ao acaso e só mais tarde me apercebi da “coincidência”, mas comecemos pelo início.

Um belo dia estava eu a tomar banho (onde me surgem as ideias mais estapafúrdias, ou extraordinárias, depende do ponto de vista) quando pensei que realizar uma viagem com 2 das amigas que me acompanham desde sempre podia ser uma forma muito bonita de nos mantermos ligadas. Desde que vim para Liverpool, a Sofia foi para Roterdão e a Cláudia ficou em Lisboa, andamos sempre desencontradas e raramente estou com elas individualmente, já para não falar que não estamos as três juntas há muito, muito tempo.
Fiquei com a responsabilidade de escolher uma cidade, uma data, tratar de tudo e assim o fiz. Procurei algo que fosse comum para as três, visto que cada uma iria partir de um local diferente. Dentro das opções estava esta: Milão, 5 a 8 de Maio. Todas estavam inclinadas para esta mesmo sendo surpresa, acabei por revelar e concordaram. Estava escolhido.

Foi ao comentar com um colega, e ao mencionar em inglês a data em que ia viajar, que me apercebi que era a mesma data em que aqui tinha chegado. Sorri e comentei. Ele disse "Se calhar também ficas lá de vez!". Não está nos meus planos, mas que tem graça, lá isso tem!

Infelizmente a Sofia não pôde vir, mas tenho a certeza que virão muitos mais voos para nós! Afinal nulla succede per caso!

Ciao


6.30am. If there was no delay and everything went as planned, I'm flying right now. Literally. Next stop: Milan!

"Nothing happens by chance!" - This quote started making sense in my life a few years ago with the person who, in a few hours, will also fly to the same destination.

It's been 2 years since I took a plane from Lisbon to start a new chapter in Liverpool, and now here I am again in the clouds. This time it is only for a weekend (extended), but with many adventures in sight.
If nothing happens by chance there will certainly be a reason to be travelling again exactly 2 years after one of the biggest changes of my (can I still say short?) life, but that I will know in the right time when I'll have to connect the points. The date, this one was chosen by me completely at random and only later I realized the "coincidence", but let's start at the beginning.

One day when I was bathing (where the most stupid, or extraordinary, ideas come from, depends on the point of view) I thought that travelling with two of my friends who have been with me since always could be a very beautiful way to keep us connected. Since I came to Liverpool, Sofia went to Rotterdam and Claudia stayed in Lisbon, we seem to be always in different ways. When I go to Lisbon Sofia is coming back to Rotterdam, or Claudia is going somewhere else, so we are never together individually, not even speaking in being the 3 of us together.
I had the responsibility of choosing a city, a date and dealing with everything and so I did. I looked for something that was common for the three, since each one would go from different places and within the options was: Milan, May 5-8. We all had a good feeling about this one, even being a surprise for them at the beginning.

Mentioning with a colleague and saying in English the date on which I was travelling, I realized that it was the same date that I arrived here. I smiled. He said: "Maybe you’ll live there too!". It's not in my plans, but it's funny, isn’t it?

Unfortunately, Sofia could not come, but I'm sure there will be many more flights coming for us! After all, nulla succede per caso!

Ciao